Select Page

Autor: Amleto

GOSTAR É OPÇÃO. RESPEITO, OBRIGAÇÃO!

INADMISSÍVEL. Essa é a palavra que resume a situação esdrúxula que nos encontramos nesse país onde alienados se dão ao direito de adentrar recintos sagrados e profanar a fé alheia pois acham serem os donos da verdade. Para você que vai ocultar essa publicação… Vamos conversar… Vamos falar do quanto essa intolerância matou mais do que ”salvou”? Que pessoas doentes acham que quebrando terreiros, imagens e violando a fé alheia vai ”salvar” alguém de alguma coisa? Não, melhor: QUEM, EM AUTORIDADE DIVINA, lhe outorgou direito de penitência alheia, criatura? Seu líder espiritual? Dica: ELE NÃO É DEUS.  Os motivos...

Read More

Hino aos Orixás com a Pureza das Crianças

Simplesmente Lindo! Grupo Musical Aruanã Penso no dia que logo vai nascer E o meu peito se enche de emoção A esperança invade o meu ser Eu sou feliz e gosto de viver Pela beleza dos raios da manhã Eu te saúdo Mamãe Iansã Pela grandeza das ondas do mar Me abençoe Mamãe Iemanjá A mata virgem tem seu semeador Ele é Oxossi Oke Oke Aro! Na cachoeira eu vou me refazer Nas águas claras de Oxum ai eio Se a injustiça faz guerra de poder Valha-me a espada de Ogum, Ogunhe Não há doença que venha me vencer...

Read More

Sete lágrimas de um Preto Velho

Num cantinho de um terreiro, sentado num banquinho, pitando o seu cachimbo, um triste preto-velho chorava. De seus olhos molhados, esquisitas lágrimas desciam-lhe pelas faces e não sei porque contei-as… Foram sete. Na incontida vontade de saber aproximei-me e o interroguei. Fala, meu preto-velho, diz ao teu filho por que externas assim uma tão visível dor? E ele, suavemente respondeu: Estás vendo esta multidão que entra e sai? As lágrimas contadas estão distribuídas a cada uma delas. A primeira, eu dei a estes indiferentes que aqui vem em busca de distração, para saírem ironizando aquilo que suas mentes ofuscadas...

Read More

Os irmãos de Obaluaê

Recentemente em Obaluaê a Luz da Kabbalah, estudamos e relacionamos o simbolismo da mitologia deste Orixá aos aspectos kármicos e estigmáticos de nossa reencarnação, nossa experiência na esfera de Malkuth onde nos submetemos à disciplina da matéria.  Mas esta esfera ainda nos reserva aspectos muito interessantes , que podemos aprender através de três outros Orixás: Ewá, Oxumarê e Ossain – os irmãos de Obaluaê. Ewá Também conhecida como Ìyá Wa é a divindade do rio Yewa. Assim como Yemanjá e Oxum, também é uma divindade feminina das águas e, as vezes, associada a fecundidade. Ewá é casta, a Senhora das possibilidades,...

Read More

Obaluaê a Luz da Kabbalah

O Orixá Obaluaê  (Rei Dono da Terra) ou Omulú (Filho do Senhor) são os nomes geralmente dados a Sànpònná (Xapanã), deus da varíola e das doenças contagiosas, cujo nome é perigoso ser pronunciado. Filho de Nanã Buruku e Oxalá, nasceu com o corpo coberto de chagas e foi abandonado por sua mãe na beira da praia. Nesse contratempo, um caranguejo provocou graves ferimentos na sua pele. Yemanjá encontrou aquela criança e criou-a com todo amor e carinho; com folhas de bananeira curou as suas feridas e pústulas e transformou-a num grande guerreiro e hábil caçador, que se cobria com...

Read More

Translate

Categorias

Arquivos

Vale o Click