Canto de Xangô para Iemanjá

Canto de Xangô para Iemanjá – Flávio Freire

 

Esse canto que canta é encanto do canto das ondas do mar

Vem de um santo de Bantu que joga seu manto na fúria do mar

Faz com a força de Ifá a calmaria chegar

Evocando O Do Yá pra quem vai navegar

 

Esse canto é canto de Osanha, de Orokô Malê e de Yorubá

Tem inspiração lá da montanha, que Xangô compôs pra Iemanjá

E faz cantar, cantar a menina do mar

E fez cantar, cantar a menina do mar

Galeões mensageiros, navios negreiros com velas ao ar

Corações de guerreiros, benzendo os veleiros com contos do mar

Que fez pratear com a luz do luar

Todas ondas do mar pra quem vai navegar

Cavaleiro marinho seguindo sozinho no mar de Obá

E a Sereia na areia recolhe oferendas pra mãe Iemanjá

E faz cantar o amor do canto do mar

A canção de Xangô saudando a Rainha do mar

É o amor de Xangô ao mar da Rainha Iemanjá

Com seu canto nagô que encanta a Sereia de Obá

 

 

468 ad

One comment

  1. Letiele perônio dos reis /

    Pai xangô mãe Iemanjá me protege do olho gordo das pessoas que quer meu mau

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »