O segundo chakra: Svadhisthana

O segundo chakra é o centro das emoções, da energia sexual e das forças criativas primitivas e não purificadas.  Corresponde ao elemento água, do qual toda a vida biológica se originou e que, na astrologia, se relaciona com a esfera dos sentidos.

O chakra svadhisthana é considerado freqüentemente como o verdadeiro lugar de Shakti, o aspecto “feminino” de Deus, em forma de criatividade.  Sua esfera de ação inclui, no homem, os órgãos de reprodução que contêm o impulso para a formação de nova vida.  Na mulher, encontramos aqui as esferas nas quais ela recebe o impulso criativo, deixando que se forme uma vida nova, onde o ser em desenvolvimento é protegido, alimentado e suprido com tudo aquilo de que necessita para seu crescimento.

Entretanto, o elemento água também purifica e limpa.  Ele dissolve e lava aquilo que está solidificado e que se opõe ao seu fluxo.  Isso se expressa no âmbito físico pela ação desintoxicante e eliminadora dos rins e da bexiga.  No nível psíquico, é experimentado através do desprendimento e do livre fluxo dos sentimentos através dos quais estamos prontos a experimentar a vida original e sempre nova

Nossos relacionamentos interpessoais, sobretudo com o sexo oposto, são caracterizados decisivamente pela função do segundo chakra.  As múltiplas variedades do erotismo pertencem  à sua esfera de ação, bem como o despego do Ego limitado e a experiência de uma união profunda através do ato sexual.

Funcionamento harmônico

O funcionamento harmônico de um chakra svadhisthana aberto é representado pelo fluxo natural com a vida e os sentimentos.  Você é franco e natural com as outras pessoas, especialmente com o sexo oposto.  A união sexual com uma pessoa amada constitui para você uma oportunidade de se envolver na dança das energias masculinas e femininas da Criação a fim de experimentar uma união superior com toda a natureza e crescer no sentido de uma totalidade interior.  Seu equilíbrio reflete no lado emocional: união sexual prazeirosa, alegria instintiva, capacidade de planejamento, coragem de viver, paixão, habilidade em relacionar-se, jogo de cintura, flexibilidade, auto-aceitação e paixão pela vida.

Funcionamento desarmônico

O funcionamento falho do Svadhisthana tem início, comumente, na puberdade.  As forças sexuais em desenvolvimento pcasionam uma incerteza, pois os pai e educadores raramente estão em condições de ensinar o uso correto dessas energias.  Freqüentemente, tem-se notado, desde a infância, uma falta de carinho e de proximidade física.  Dessa forma, pode ocorrer mais tarde uma negação ou recusa da sexualidade, acarretando a perda da expressão despreocupada do seu potencial criativo, fazendo com que as energias se manifestem de modo inconveniente.  Isso acontece muitas vezes na forma de fantasias sexuais exageradas ou de instintos reprimidos, que de tempos em tempos procuram se  expressar.  Outro efeito possível será o uso da sexualidade como se fosse uma droga que vicia.  Também aqui o seu potencial criativo não é reconhecido, mas levado por caminhos errados.  Em ambos os casos surgem incertezas e tensões com relação ao outro sexo.  Sua sensualidade é relativamente grosseira, e você tende a dar preferência à satisfação das suas necessidades sexuais.  Com a perda da ingenuidade e da inocência no trato com as energias sexuais, você também perde a sinceridade para a expressão dessas energias na criação e a admiração infantil pelas maravilhas da vida.  Os reflexos de seu funcionamento falho, no corpo físico podem se traduzir em desarmonia dos rins, fígado, pâncreas, vesícula e bexiga; alergias alimentares, problemas menstruais, distúrbios gástricos e intestinais, perda da vitalidade, dores lombares, no sacro e cóccix.  No lado emocional em medo, incapacidade de construir, distração, raiva, ódio, inveja, insegurança, falta de paixão, tristeza, manipulação e apego, dependência emocional, vícios e auto-destruição.


ouça o mantra (VAM)

Veja também:

Chakras

MuladharaSvadhisthanaManipuraAnahataVishuddhaAjnaSahasrara

O Chakra Umeral

———————————————————————————————————————————–

fontes:

livro: Chakras – Mandalas de Vitalidade e PoderShalila Sharamon / Bodo J. Baginski (Ed. Pensamento)

site: Espiritualismo / Beraldo Lopes Figueiredo

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »