Significado de alguns cumprimentos em nações de cultos Afro-Brasileiros:

Mukuiu – é um pedido de bênçãos (para a nação Bantu) a resposta é Mukuiu N’Zambi (ou seja, que Deus te abençoe).

Neste mesmo sentido encontraremos entre os Nagôs (língua Yorubá) a palavra Motumbá, e a resposta é Motumba Axé.

Para os Jeje e Ketu o pedido de benção será Kolofé e a resposta Kolofé Olorum.

Na Umbanda paulista, Saravá é utilizada como uma saudação possuindo o sentido de “Salve sua força!”, da Força de Deus e da Natureza que estão dentro da pessoa, como no mantra indiano namastê, que significa: o Deus que tem dentro de mim, saúda o Deus que tem dentro de você.

Êpa Babá – saudação ao Orixá Oxalá significando: olá, com admiração e espanto, ao ancestral dos ancestrais;

Okê! Okê Arô! – saudação ao Orixá Oxossi significa Autoridade, rei, que fala mais alto, ou seja salve o Rei que é aquele que fala mais alto.

Ogum iê! – saudação ao Orixá Ogum, significando salve Ogum

Epa Hei – saudação a Orixá Iansã e significa falar com espanto Olá. Esse espanto de grandeza de admiração ao ver o Orixá e dizer a ele Olá Iansã, Olá Oiá.

Ora Aie Ie o – Aieieo – Saudação a Orixá Oxum e significa salve a benevolente mãezinha.

Odoia ou Odociaba – saudação a Orixá Yemanjá e significam Mãe das águas.

Atotô – saudação para o Orixá Omolu, significando “Silêncio! Ele está aqui!”

Saluba Nanã – saudação a Orixá Nanã Buruquê, cujo significado é: “nos refugiamos em Nanã” ou salve, a senhora do posso, da lama”.

Kaô kabecilê! – Saudação ao Orixá Xangô que significa – venham ver (admirar, saudar) o Rei (Alteza) da Casa.

Laroyê, Exu! Exu é mojubá! – Mensageiro, Exu! Exu a vós meus respeitos!

Xeto, Matomba Xeto – Usada para Boiadeiros. Salve, aquele que tem braço forte, pulso forte.

Mojubá – significa respeito, os meu respeito. Uma saudação em que a pessoa externa seus respeitos a outra pessoa, orixá ou entidade.