E a intolerância religiosa continua ocorrendo impunemente. Agora foi a vez de Nelson Lima, proprietário portal Altônia, publicar um texto inconformado com a Apresentação de Marisa Monte vestida de Yemanjá na cerimônia de encerramento dos jogos olímpicos em Londres.

Usou números do IBGE, do passado olímpico brasileiro chegando a estupidez de associar Yemanjá à prostituição!

 

Enquanto nós Umbandistas entendemos que o desejo de Deus é que aprendamos e cresçamos unidos; entendemos que a religião, antes de mais nada deve servir à união dos homens bem como à sua ascensão (“Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles.” Mateus 18:20), vemos constantemente gente que se diz religiosa, que se diz conhecedora da palavra de Deus pregando exatamente o contrário; usando a religião para separar os homens, atacando incessantemente todos os que, ainda que cristãos, não rezem pela sua cartilha!

Infelizmente é chegado o tempo da besta apocalíptica se manifestar, cuspindo fogo por inúmeras bocas que ousam usar a palavra de Deus para enganar, atacar e separar os seus filhos.

Convivamos com isso!

Sugestão de leitura:

Religiões e Seitas (Autoconhecimento&Liberdade)

Devoção e Razão (Teoria da Conspiração)