Obí

Noz-de-cola

A Noz-de-Cola (também chamada de abajá, Café do Sudão, Cola, Mukezu, Obi e Oribi.) é o fruto das plantas pertencentes ao gênero Cola da subfamília Sterculioideae (Malvaceae). As variedades mais comuns são obtidas de várias árvores do oeste da África ou da Indonésia, como Cola nitida ou Cola vera e a Cola acuminata. O grupo contém um total de 125 espécies.

Possuindo um gosto amargo e grande quantidade de cafeína, a noz-de-cola é usada por muitas culturas do oeste africano, tanto individualmente quanto em grupo. Muitas vezes é usada cerimonialmente ou dada para convidados.

A noz era utilizada originalmente para produzir refrigerantes de cola, mas foi substituída por aromatizantes artificiais visando a diminuir custos na produção em massa. Algumas exceções incluem a Red Kola da A.G. Barr plc, Harboe Original Taste Cola e Cricket Cola, a última feita de noz de cola e chá verde.

As sementes têm ação estimulante, regularizadora da circulação. Atuam como um tônico revigorante, excitante do sistema nervoso e muscular. É também antidiarréica e usada nos casos de anemia, convalescença de doenças graves, problemas estomacais e certas enxaquecas, e sobretudo nas perturbações funcionais do coração. As sementes contêm teobromina e cafeína, usadas por muitas pessoas como sucedâneo do cacau e do café.

A noz-de-cola cresce espontaneamente na África Ocidental e Central em climas quentes e úmidos. O uso de suas amêndoas difundiu-se na região norte da América Latina por intermédio dos escravos negros que mascavam colas para suportar trabalhos penosos. Depois foi levada a outros países com finalidades agroindustriais.

Esta espécie distingue-se por suas amêndoas conterem dois cotilédones grandes e inteiros, brancos ou avermelhados.

Fonte: Wikipédia

O OBI Africano no Candomblé

O Obi é um fruto africano de uso imprescindível no Candomblé, sem ele nenhuma obrigação é feita. Para que a obrigação, ou outro rito prossiga com aceitação dos orixás é necessário uma resposta positiva a ser dada através do Obi.

Ele deve ser jogado antes da obrigação para saber se o ritual pode ser realizado e depois de feito para saber se foi aceito pelos deuses.

O fruto utilizado deve ser o que possui quatro gomos, chamado de Obi Abatá, sua divisão deve ser natural, ou seja é proibido o uso de faca ou qualquer material cortante, para dividi-lo em quatro partes, se naturalmente ele só contiver duas partes.

As duas metades correspondem a dois casais, caso o obi contenha mais de quatro partes, o excedente deve ser retirado, para que somente as quatro permaneçam.

O local onde o Obi será lançado deve ser plano, no chão ou sobre um prato branco, onde fundamentalmente contenha água.

As partes são lançadas simultaneamente, sem manipulação ou lançamento individual.

Uma exceção deve ser feita no uso do Obi como jogo, para o Orixá Xangô deve ser utilizado Orobô em substituição do Obi.

As caídas dos gomos de Obi tem a seguinte correspondência:

Um para cima e três para baixo: O orixá Exu é quem responde ao jogo. É necessário verificar se as obrigações a ele foram cumpridas. O zelador deve saudá-lo colocando a mão no chão e no peito por três vezes e continuar o jogo. O odu correspondente é Okaran.

Dois para cima e dois para baixo: A resposta vem de Ogum que neste caso representa o equilíbrio. O odu corresponde a Ejiokomeji.

Três para cima e um para baixo: Não é considerada uma resposta precisa, sendo assim não há autorização para iniciar nenhuma obrigação.

Todos para baixo: Uma resposta negativa.

Todos para cima: Resposta positiva para a obrigação possa ser iniciada e com êxito. O odu correspondente é Aláfia .

Fundamentos do jogo de Obi

O jogo do OBI ( OPELÉ IFÀ ) jogado por mulheres, não é aceito pelos Òrìsás para ver a vida futura, etc…sòmente é aceito para confirmação do Òrìsá na hora do fundamento.

O OBI de quatro gomos ( OBI ABATÁ ) é para todos os Òrìsás, exceto ÓGÙN, e é o que calça, isto é, pode ser usado para substituir um bicho numa obrigação.

O OBI de cinco gomos pertence a ÓGÙN.

Não se usa faca para abrir o OBI.

O miolinho ( broto ) do OBI pertence a ÈSÙ, joga-se fora.

O OBI não pode ser jogado no chão puro. É jogado no prato com água. Caso não dê ÀLÁFÍÀ, aí sim, joga-se no chão, antes jogando água, até o ÀLÁFÍÀ.
Fonte: Livro “MOJUBÁ – O novo Candomblé” Alaketo Olori-Merim

_____________________________________________

Retirado do site da Coca-Cola

Ingredientes da Coca-Cola: água gaseificada, açúcar, extrato de noz de cola, cafeína, corante caramelo IV, acidulante INS 338 e aroma natural.

Talvez seja por isso que os Cosmes gostam tanto desse refrigerante…..

Nota: Coca-Cola é a marca de um refrigerante com sabor de noz-de-cola pertencente à The Coca-Cola Company que comercializa em mais de 200 países. (Wikipédia).
fonte: www.cocacolabrasil.com.br

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »