Ser Médium…

• Ser médium não é complemento, é a vida prática em exercício regrado.

• Ser médium não é ser superior, é possuir mais impurezas para limpar;

• Ser médium não é ser caridoso, é ser cumpridor consciente de deveres da alma;

• Ser médium não é ter destaque entre os outros, é servir aos outros.

• Ser médium não é ter supervalorização do Ego por onde se anda, e sim possuir super trabalho de regeneração aonde se vai;

• Ser médium não quer dizer estar quites com a consciência cósmica e sim a ela começar aos poucos dar mais valor e atenção;

• Ser médium não é ser professor ou médico, é continuar sendo paciente e aluno que cede a cama e a lousa para outros fins;

• Ser médium não quer dizer ter inteligência, e sim ser mais inteligente exercendo o Bem ao próximo;

• Ser médium não quer dizer ser adivinho surpreendente, e sim mero aparelho com algumas intuições superiores;

• Ser médium não quer dizer abandonar sua carne, e sim doutriná-la para que ela não fique exposta ao açougue displicente humano;

• Ser médium não quer dizer que se é bom, pois se não auxiliar verdadeiramente a ninguém, continua sendo um ser humano egoísta e hipócrita;

• Ser médium não precisa de faculdade e de diploma humano, mas não é por isso que não tem seu extremo valor real, e também não quer dizer que por isso não se necessite igualmente de anos de dedicação;

• Ser médium não quer dizer ser melhor, pois se hoje sois médium em exercício, sabeis que foste pior que todos os que hoje chegam à tua porta clamando auxilio e alivio;

• Ser médium é ser cristão, e ser cristão é ser humilde, ser humilde é não exacerbar suas posições, e sendo assim, ninguém é bom médium se não for humilde para admitir que seja bem humano e nada Divino perante os outros;

• Ser médium é ter a segurança de que hoje os esforços que são feitos por si mesmos em suas vidas, são bem poucos perante aqueles esforços que terão sempre que abnegar e exercer pelo seu próximo na caridade.

Com Amor, Caboclo Chama Dourada – pela médium Sarah Foganholi

Jornal Nacional da Umbanda – ed. 16

468 ad

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Translate »